Dias d'ávila, 24 de Maio de 2017

Prefeitura Municipal de Dias d'ávila

Onde estou: Imprensa SAÚDE

Dias d’Ávila recebe profissionais de Programa de Residência Médica

  • Por: Assessoria de Comunicação da Prefeitura
  • qui, 11/05/17 às 13:33
  • Imprimir
18425238_1894783397401308_3053051576162858627_n

Mais de 25 profissionais residentes passam a fazer parte da Secretaria de Saúde de Dias d’Ávila. Através do Programa de Residências Médica em Medicina de Família e Comunidade e Multiprofissional em Saúde da Família a saúde pública de Dias d’Ávila ganha importante reforço.  O programa é fruto de uma parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-BA) e a Fundação Escola Politécnica da UFBA.
O programa é uma especialização com duração de dois anos, que tem a proposta de especializar os profissionais a partir da inserção dos mesmos nas USF’s e fornecer aporte teórico, visando reorientar o modelo assistencial a partir da atenção básica, norteados pelos princípios do SUS e da Estratégia de Saúde da Família. A residência conta com um robusto corpo pedagógico e com uma equipe de preceptores extremamente qualificados, onde todos serão Pós-Graduados em preceptoria no SUS do instituto de educação e pesquisa do Hospital Sírio-Libanês.
São 19 profissionais residentes e 7 preceptores que fazem parte do programa.  São médicos, enfermeiros, odontologos, sanitaristas, nutricionista, educador físico, fisioterapeuta, que atuarão nas Unidades de Saúde da Família (USF’s) Concórdia e do Entroncamento além dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), e no Apoio Institucional. Assistindo uma população superior a 12 mil pessoas.

18342031_1894783334067981_8253417719399357093_n
Para Caio Clécio, secretário da Saúde do Município, a chegada dos residentes para compor a Saúde da Família é de suma importância. “A saúde se faz através da prevenção, que não significa apenas serviços de saúde. É na Saúde da Família que conseguimos ter esse contato maior com a comunidade para mudar hábitos de vida e gerar saúde na sua essência, na família”. O secretario afirma que é um momento muito oportuno para rediscutir o processo de trabalho das equipes, qualificar a assistência e a gestão e pautar um SUS de qualidade, resolutivo e mais humanizado.