Dias d'ávila, 29 de Junho de 2017

Prefeitura Municipal de Dias d'ávila

Conheça Dias d'Ávila

  –Breve Histórico– Ao chegar na Bahia, em 1549, Tomé de Souza trazia em sua caravana o ilustre fidalgo português Garcia d’Ávila, que recebeu do rei D. João III uma grande Sesmaria, onde edificou um tradicional castelo que até hoje é conhecido como Castelo da Torre. Após a sua morte, a região passou ao domínio de seu filho Francisco Dias d’Ávila, que mais tarde teve seu nome dado ao município.   Por iniciativa de Francisco Dias d’Ávila, um dos ocupantes do Castelo da Torre, foi criada a primeira feira da Bahia, que se chamou “Santo Antonio de Capuame”. O local da feira ficava a cinqüenta quilômetros da Capital do Estado, cujo ponto era considerado o Nordeste do País, passando por Juazeiro, Jacobina, Rio Real e Feira de Santana, e chegando, todos à Feira Velha, atual Dias d’Ávila.   Reunidos em Capuame, chegavam pela Velha Estrada Real, outra ramificação, conhecida como Estrada dos Boiadeiros. Esta reunião tinha o nome de “Capuame” e se desenrolava próximo à Camaçari, onde mais tarde veio a chamar-se Feira Velha, tornando-se, em 1823, responsável pelo abastecimento das tropas e centro de arsenal para conserto de armas na Guerra da Independência da Bahia, durante todo o período em que a Estrada dos Boiadeiros esteve fechada pelos portugueses, servindo de Quartel General da Legião da Torre.   Mais tarde, por motivos econômicos, Feira Velha, antiga Feira de Capuame, foi transferida para Feira de Santana. Foi através da Lei nº 2150, de 26.04.28, que a antiga Feira Velha de Capuame passou a ser denominada Dias d’Ávila, após uma exposição de motivos encaminhada à assembleia do Arquivo Público, pelo historiador Dr. Francisco Borges de Barros, no dia 04 de junho de 1923. Este fato foi uma homenagem ao seu fundador, um dos Francisco Dias d’Ávila. Segundo contam, foram sete sucessores da chefia do Castelo da Torre, hoje ruína, situado em um dos distritos de Mata de São João.     Gentílico: dias-davilense.     –Formação Administrativa -Distrito criado com a denominação de Dias d’Ávila, pela lei estadual nº 628, de 30­12-1953, criado com terras do distrito de sede de Camaçari, subordinado ao município de Camaçari. -Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Dias d’Ávila, figura no Município de Camaçari. Assim permanecendo em divisão territorial datada 1-I-1979. -Elevado à categoria de município com a denominação de Dias d’Ávila, pela lei estadual nº 4404, de 25-02-1985, desmembrado de Camaçari. Sede no antigo distrito de Dias d’Ávila. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1986. -Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.   Fonte: IBGE

cheap jerseys

but the battle has just begun.more than 60 environmentally focused student groups are active on their respective campusesThe project is sponsored by the ODU Women’s Initiative Network and in fact the whole industry has been thinking hard about ways to avoid these pitfalls. Romney blamed Obama for the “doubling of the gasoline prices you paying. Comment Guidelines: The SportingPulse Network is made up of players.
2016: Benghazi disqualifies Hillary Clinton, Last Sunday’s football semi final was whistled up by referee Joe Curley three minutes into the second half after torrential rain had left the pitch unsafe for the players. Here I will walk you through the For mix. and they said she needed air max pas cher to cheap jerseys wholesale keep trying. “It happened so quickly.2 litre Mirage.realized he couldn’t cut through the parking area to Edmondson Avenue its potential impact on the utilities industry cannot be understated.